domingo, 5 de dezembro de 2010

"Eu tento tanto entender o amor e quando ele me aparece eu o deixo escapar. Me sinto tão fria, e inútil. Mas se bem que por um lado foi como uma lição, porque naquela época não daria certo, não naquele momento de frustação. E hoje, você ainda continua tão meigo comigo, como se eu nunca tivesse quebrado seu coração. E é aí que eu tenho vontade de voltar aos tempos de antigamente..quando o que havia entre a gente era muito mais intenso. Mas eu ainda tenho esperanças. E acho que se você não tem, você pelo menos desconfia, só que teu medo te prende. E eu não te julgo por isso, você tem toda a razão. E assim eu jogo na sorte de você se apaixonar novamente pela garota que te deixou um caco por meses. Eu realmente te quero pra mim. Eu acho que preciso de você." (Vanessa Rosa)

Um comentário:

  1. Selinho pra vc lá no blog!
    http://meumundoecolorido.blogspot.com/

    ResponderExcluir